segunda-feira, 24 de outubro de 2011

O GAVIÃO

Existem várias espécies de gaviões distribuídos sobre todos os continentes. Eles tem o porte médio, que varia de 30 a 40cm, e longas e finas garras amarelas. Costumam fazer seus ninhos em florestas densas, perto das quais é possível observar seu vôo muito pelicular: com as asas semidobradas, fazem vôos rasantes ao nível do cimo das árvores, alternando batimentos de asas rápidos e curtos com vôos planados em círculos. 

O gavião-europeu macho é ligeiramente menor que a fêmea. Assim que captura um apresa, ele a carrega para perto do ninho e a depena antes de comer. Às vezes, as penas deixadas no chão denunciam seu domicílio. Ele pode ser encontrado na Europa, mas também na Ásia e na África. Geralmente escondido em um bosque, é difícil encontrá-lo no chão. Entretanto, no inverno, é possível vê-lo com frequência aproximando-se das fazendas, aventurando-se à procura de presas.

Gavião-pega-macaco (Spizaetus tyrannuspossui cerca de 72cm de comprimento, 2,30 de envergadura e chega a pesar até 6,5 quilos. É uma das maiores aves a ocorrer no Brasil. A cor negra com manchas brancas torna-o uma ave de rara beleza. Seu tempo de vida é de aproximadamente 25 anos. Carnívoro e se alimenta de animais como aves(tucanos, araçari), répteis, pequenos mamíferos como morcegos, esquilos e pequenos primatasVive dentro ou na borda de grandes florestas, necessita de áreas extensas para cumprir seu ciclo de vida, sendo que suas populações podem sofrer declínio em decorrência da fragmentação excessiva do seu habitat. Ocorrendo do sul do México à América do Sul, no Brasil ocorre na faixa marítima no Brasil leste-meridional, da Bahia, leste de Minas Gerais até o Rio Grande do Sul. Pode ser observado sobrevoando florestas à procura de alimento. É rápido em suas investidas voando com incrível rapidez.


Foto Luiz Claudio Marigo

O gavião-carijó (Buteo magnirostris ou Rupornis magnirostris) é encontrado em diferentes ambientes, ocorrendo do México à Argentina e em todo o Brasil. A espécie possui cerca de 36 cm de comprimento, com plumagem variando de cinza a marrom e negro nas partes superiores, peito cinza, asas com base das primárias ferrugíneas, partes inferiores barradas de canela, cauda com quatro ou cinco faixas escuras, ceroma, íris e tarsos amarelos. Alimenta-se geralmente de insetos e aranhas, além de pequenos vertebrados. No Brasil é a espécie de gavião mais abundante. Também é conhecido pelos nomes de anajé, gavião-indaié, inajé e indaié.

Um comentário:

Curiosidades

Loading...